BYOD – Bring Your Own Device

Qual a relação entre Mobilidade, BYOD, MDM, Segurança, SDN e Cloud Computing?

BYOD – Bring Your Own Device (ou traga seu próprio dispositivo) responde à política de permitir que os funcionários tragam dispositivos pessoais (laptops , tablets e telefones inteligentes) para o local de trabalho e usar esses dispositivos para acessar informações e aplicativos de empresas.

A proliferação de dispositivos como tablets e smartphones, que agora são utilizados por muitas pessoas em suas vidas diárias, leva as empresas  a permitir que os funcionários usem seus próprios dispositivos, devido a ganhos de produtividade e economia de custos.

Isto significa também abrir a rede para um grande número de dispositivos desconhecidos.

Isso impacta o ambiente tradicional de TI.  Não é apenas um laptop ou desktop por funcionário; é também o telefone celular que se conecta à rede corporativa, e assim por diante. Essa multiplicidade de dispositivos aumenta a probabilidade de ataques de hackers, malwares, vírus. Muitas brechas aparecem que aumentam a probabilidade de causar violações de privacidade e conformidade que expõem a organização ao órgãos reguladores e ao público.

Qual a relação entre Consumerização  e BYOD?

A consumerização de TI – a mistura de uso pessoal e comercial de dispositivos e aplicações – está crescendo devido à uma nova força de trabalho, mais móvel, que cresceu com a Internet.

Hoje, os funcionários têm boa tecnologia em casa e esperam poder usá-la no trabalho também. Isso é chamado de BYOD (Bring Your Own Device). Essa mistura de tecnologia pessoal e comercial está tendo um impacto significativo nos departamentos de TI corporativos, que tradicionalmente disponibilizam e controlam a tecnologia que os funcionários usam para executar o trabalho.

Qual a relação entre BYOD e MDM?

A oportunidade de BYOD é maior que a oportunidade de MDM, já que nem todos dispositivos de uma empresa precisam ser gerenciados por uma plataforma MDM.

Quando uma organização adota BYOD, isto significa também abrir a rede para um grande número de dispositivos desconhecidos. Isso impacta o ambiente tradicional de TI das empresas. Não é apenas um laptop ou desktop por funcionário. É também o telefone celular que se conecta à rede corporativa, e assim por diante. Essa multiplicidade de dispositivos aumenta a probabilidade de ataques de hackers, malwares, vírus. Muitas brechas aparecem que aumentam a probabilidade de causar violações de privacidade e conformidade que expõem a organização ao órgãos reguladores e ao público.

As soluções de Gestão de Dispositivos Móveis (MDM) e Enterprise Mobile Management (EMM) fortalecem a segurança BYOD.

BYOD e SDN

SDN pode fortalecer ainda mais BYOD, graças à sua ênfase em políticas, automação e modelagem de tráfego.

SDN permite a aplicação de políticas de segurança e privilégios de acesso e acompanhar um usuário de dispositivo para dispositivo, por exemplo, permitindo uma execução consistente, independentemente dos pontos de conexão do usuário à rede.

Além disso, o controle de uso da largura de banda pode ser definido por  usuários, aplicativos, tipos de dados ou mesmo dispositivos. Além de tornar os downloads grandes de arquivos sensíveis mais difíceis de serem realizados e mais fáceis de detectar.

Graças ao conflito entre os requisitos de conformidade regulamentar cada vez mais rigorosos e o desejo das empresas de reduzir os custos e melhorar a produtividade através do BYOD, o mercado de segurança BYOD tornou-se grande e próspero.


Os comentários estão fechados.

Navegação pelos artigos