Avatares frequentes

Exemplos de FUNÇÕES de avatar para uma empresa de educação corporativa

Veja a seguir  habilidades esperadas de alguns AVATARES mais frequentes.

Gerentes de RH – recrutar, selecionar, treinar profissionais; atrair profissionais de talento; elaborar planos, gerenciar programas avaliar desempenho de treinamento; reduzir a rotatividade de profissionais; aumentar a produtividade e o engajamento dos profissionais; atender o orçamento da área; contratar fornecedores; reduzir custos sem comprometer a qualidade.

Gerentes de Equipes de Venda   definir metas e formas de atingi-la; garantir a realização de métodos de venda eficazes; gerenciar o atingimento das metas de vendas; contratar vendedores; capacitar vendedores no método de vendas da empresa; definir recompensas do sistema de vendas; potencializar o resultado da equipe com tecnologias de vendas; construir e manter a cultura da área de vendas.

Vendedores – saber construir relacionamentos e ajudar pessoas; selecionar os melhores clientes potenciais; administrar o tempo de venda para melhorar a produtividade; saber se comunicar (oral, escrita, corporal); saber narrar histórias para atrair a atenção, interesse, desejo e ação de compra; saber pesquisar e recolher informações sobre clientes, tendências de mercado; usar ferramentas de CRM (gestão de relacionamento de clientes) e mídias sociais;  conhecer os problemas que a oferta pode resolver; formular soluções para os clientes potenciais; saber prevenir e tratar objeções e reclamações; prospectar (identificar) oportunidades, qualificar necessidades e qualificar soluções (relacionar ofertas potenciais); negociar para resolver impasses no processo de vendas; fechar a venda no momento certo;

Gerentes de Serviços – capacidade de liderar e inspirar pessoas a acreditarem na sua visão; boa comunicação verbal e escrita; desenvolver relacionamento com toda a empresa; fazer benchmarking para buscar as melhores práticas do mercado para ganhar vantagem competitiva; criar e desenvolver produtos que gerem ótima experiência para o usuário;  ter uma boa noção do que é factível; transitar entre diferentes universos (engenharia, design, marketing, vendas, negócios, gestão de projetos; priorizar as modificações mais importantes para o produto; estar constantemente aprendendo sobre o negócio em que está envolvido; capacitar o time para encontrar e criar as melhores soluções para os problemas priorizados; educar os clientes para obterem melhores experiências, sucesso e adoção das  funcionalidades desenvolvidas da melhor forma possível;

Gerentes de Canais de Venda – entender claramente os públicos alvo; desenvolver estratégias de canais; criar e monitorar indicadores de desempenho; conhecer particularidades de cada canal e como eles funcionam; facilitar a divulgação da marca, produtos e serviços, contatos dos clientes com o negócio e suas ofertas; conhecer produtos/serviços e realizar compras. Combinar os vário canais de divulgação e vendas, tais como pontos de venda (canais físicos como loja própria, franquias e distribuidores), venda direta (contato pessoal direto entre a pessoa que vende os produtos/serviços e o consumidor, sem ligação com estabelecimento comercial fixo), telemarketing (baseado em ligações telefônicas, tanto vender ou agendar conversa pessoal quanto manter relacionamento com clientes) e canais de venda online (marketplace, e-commerce, afiliados, google adwords, google shopping, facebook, instagram, linkedin.

 

Os comentários estão fechados.

Navegação pelos artigos