Redes SDH

Qual o Propósito e benefícios das redes SDH?

As redes SDH – Synchronous Digital Hierarchy – foram desenhadas para oferecer acessos nas velocidades da Hierarquia SDH, 2 Mbps, 155 Mbps, 622 Mbps e 25 Gbps. Os primeiros MUX a oferecer acesso ethernet ofereciam as velocidades de 100 Mbps e para isso ocupavam, através do mecanismo de concatenação existente, um quadro de 155 Mbps. A eficiência neste caso era de 64% e cerca de 55 Mbps eram desperdiçados na transmissão. Novas gerações de multiplexadores utilizam uma técnica chamada concatenação virtua, que multiplexa circuitos de velocidades intermediárias às velocidades da hierarquia SDH. Com isso as interfaces ethernet são armazenadas em uma unidade chamada “container” e somente então concatenada no quadro SDH de 155 Mbps ou 622 Mbps. Com o uso da concatenação virtual a eficiência das redes SDH chega a 100% na transmissão de enlaces.

A tecnologia SDH oferece recuperação instantânea (inferior a 50 ms) do anel em caso de falha e oferecem disponibilidade e robustez extremamente elevada quando comparadas com as demais plataformas. No entanto, somente os serviços ponto a ponto são possíveis. O uso de redes SDH para serviços ethernet é recomendado quando se deseja preservar o investimento já realizado. A rede já existe e pode ser re-adequada para oferta de enlaces ethernet.

Até logo!

 

Os comentários estão fechados.

Navegação pelos artigos