Recuperação de custos

Porque apenas comparar o TCAO – custo total de propriedade da aplicação não é suficiente para decidir migrar para cloud?

O simples fato do custo de uma aplicação em cloud ser menor do que o custo total de propriedade de uma aplicação (TCAO) NÃO garante que a migração para cloud seja uma boa escolha financeira. Infelizmente, precisamos ainda saber se os custos da aplicação são recuperáveis, ou o quanto de custos são realmente reduzidos na estrutura de custos do datacenter. A maioria dos custos listados no artigo anterior precisam ser considerados nesta perspectiva. Veja algumas observações:

  • Custos de servidor. Se a aplicação é relativamente pequena, roda em servidores virtuais, ou rode eventualmente, é improvável que a migração para cloud resultará em economia de hardware.
  • Custos de armazenamento. Similarmente se a aplicação consome pouco armazenamento, não existirá redução de custos de SAN e NAS.
  • Custos de Rede. A menos que a economia de capacidade de rede ou de banda de Internet seja grande, a economia provavelmente será desprezível.
  • Custos de infraestrutura. O espaço (floor space) não será reduzido pela remoção de poucos servidores e também não deverá fazer muita diferença nos custos de refrigeração. Esses custos geralmente só são afetados em grandes mudanças.
  • Custos de plataforma. Podem existir licenças globais, especialmente onde “open source” é usado. Ou seja, remover uma aplicação individual pode não ter significância.
  • Custos de manutenção de software (pacotes de software). Esse custo pode ser difícil de calcular se as licenças de software estiverem juntas com o custo do processamento ou fizerem parte de um pacote de solução.
  • Custos de pessoal para suporte operacional. Economias nesse custo dizem respeito à uma economia de pessoal no todo ou no adiamento de recrutamentos. Ou seja, não são muito escaláveis.
  • Custos do software de infraestrutura. Esses Custos podem não cair com uma quantidade reduzida de aplicações migrando para a nuvem.

A aplicação desses fatores, necessita de ajustes de custos.


 

Os comentários estão fechados.

Navegação pelos artigos