DAS – Direct Attached Storage

Qual a utilidade do DAS – Direct Attached Storage?

O armazenamento direto foi a primeira arquitetura de armazenamento em rede e continua largamente utilizada até hoje. Como o nome sugere, é uma arquitetura na qual o dispositivo de armazenamento é diretamente conectado a um servidor. Pode incluir uma ou mais unidades de discos construídas dentro de um servidor e, com um HBA (adaptador de barramento de host) apropriado, pode ser configurado como uma matriz RAID (matriz redundante de discos baratos).

Proposta de Valor do DAS

Público Alvo. Sistemas DAS podem ser indicados para pequenas empresas que estão rodando um ou poucos servidores. No entanto, quando o número de servidores aumenta, a complexidade de gerenciar vários servidores pode aumentar drasticamente e por conseguinte, aumentar os custos. Muitas PMEs começam com armazenamento interno ou de um único dispositivo de armazenamento diretamente conectado a um PC ou servidor, e depois evoluem para o armazenamento em rede. São dispositivos de discos rígidos portáteis, com USB e fáceis de usar. Basta ligá-los e começar a armazenar os dados. Chegam a terabytes de capacidade. Os principais fornecedores são Seagate, Western Digital, Sansung, Buffalo, Hitachi, Toshiba America Inc. Pequenas empresas tipicamente necessitam de mudar de DAS para NAS quando existe a necessidade de compartilhar dados em várias localidades, servidores ou PCs, acesso remoto para dados armazenados, ou implementar um ambiente de servidor virtualizado.

Economia. Uma das vantagens do DAS é seu baixo custo inicial.

Disponibilidade. Quando a necessidade de capacidade de armazenamento aumenta, o servidor tem que ser retirado de serviço para adicionar unidades extras. Com a arquitetura de armazenamento DAS, os clientes devem se conectar diretamente ao servidor que contém o armazenamento para poder acessar os dados. Se o servidor estiver em manutenção, em instalação de novo hardware, em aplicação de patches do sistema operacional, ou infectado com vírus, os clientes não serão capazes de acessar os dados compartilhados.

Escalabilidade. Expansão em dispositivos DAS geralmente requerem perícia de um profissional, que significa custos. Para ambientes com requisitos rigorosos de tempo, ou com necessidades de crescimento rápido de armazenamento, o DAS não será a escolha certa.

Desempenho. Além de servidor de arquivos, servidores muitas vezes são usados para executar aplicativos como e-mail, pacotes de contabilidade financeira e aplicações de banco de dados. Cada um desses aplicativos requer acesso em nível de bloco (a capacidade para acesso aos blocos de dados dentro de um arquivo, como um campo dentro de um banco de dados ou registro específico), ao invés de acesso em nível de arquivo (a capacidade de acessar arquivos de dados inteiro, como um arquivo de planilha ou de processamento de texto). O DAS é uma solução ideal para esses tipos de aplicações, que o sistema operacional do servidor fornece acesso em nível de bloco e arquivo. Entretanto, o desempenho pode se tornar uma questão quando o servidor roda  múltiplas aplicações em adição ao serviço de arquivo.


Saiba mais. Servidor de ArquivosSistemas de Armazenamento em RedeTecnologias de Acesso de DadosRAID – Redundant Array of Inexpensive DisksNAS – Network Atacched StorageSAN – Storage Area NetworkArmazenamento na NuvemSaaS e Armazenamento.


Os comentários estão fechados.

Navegação pelos artigos