WAN Híbrida

Quais as principais mudanças na arquitetura das WANs frente ao grande crescimento de serviços cloud computing?

Uma WAN é um recurso de negócio crítico que requer um projeto e arquitetura resiliente. Uma rede empresarial de grande porte necessita de diversidade de caminhos e provavelmente terá múltiplos fornecedores com diferentes redes. Deverá proporcionar ganhos de escala e economia com o crescimento de tráfego Internet, rápido desenvolvimento de filiais e soluções de recuperação de desastres (por exemplo, via escritórios móveis). Deve também suportar acessos 3G e 4G LTE para conectividade de backup.

Para realizar essas mudanças arquiteturais na WAN, deve ser desenvolvido um modelo de transporte WAN único, com projeto de roteamento independente, que possa ser usado sobre qualquer tipo de WAN, com segurança integrada. A rede empresarial obterá benefícios operacionais, pelo fato de aplicar o mesmo projeto de roteamento IP para todas as redes e, pela identificação da aplicação e seleção do caminho de roteamento, as operações são simplificadas, facilitando o lançamento de novas aplicações. Esta arquitetura deverá habilitar a rede empresarial tomar vantagem  da abordagens de acesso híbrido com MPLS e Internet para transporte de cloud privada e permitir futuros acessos diretos para serviços de cloud pública. Para acessos das filiais, é recomendado   usar uma camada de segurança IP SEC para transporte para a cloud privada, via MPLS e via Internet. Para cloud públicas futuras e acesso à Internet, a rede empresarial pode mover-se da arquitetura básica para uma método de acesso direto à Internet, quando estiver pronta para isso.

Bom Programa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegação pelos artigos